PROCESSO CRIATIVO – ESTAMPA EQUILÍBRIO {FLAMINGOS}

Adoro saber a história das coisas, porque por trás de uma imagem, de um produto, de uma marca, de um negócio… sempre tem uma história… Umas mais interessantes,outras menos, mas sempre tem muito mais do que a gente vê.

Por isso isso resolvi criar aqui no blog um espaço para deixar registrado e compartilhar um pouco do processo criativo e das histórias por trás das estampas.

Inicio a série com essa estampa, que apesar de se chamar equilíbrio, me passa um sensação de alegria.

Essa estampa foi uma das responsáveis por me fazer entender que o meu processo de criação é analógico, que tentar desenhar e criar imagens direto no computador, pra mim, não flui tão bem.
Inclusive, Austin Kleon fala isso no livro: “Roube Como um Artísta”, sobre como usa o digital para editar e finalizar suas ideias,mas não para criar: “Suas mãos são os dispositivos digitais originais, use-as”.

O processo de criação foi mais ou menos assim.
Era um dia beeeem estressante, nada fluia, eu tava bem irritada, daí pensei:
Quer saber, não vai adiantar eu ficar aqui tentando trabalhar no que tô trabalhando, vou dar uma pausa, vou ali pegar uns lápis de cor, uns papéis, materiais diferente e me divertir um pouco.

A medida em que eu ia desenhando, testando os traços, estudando as cores, pensando nos detalhes, também ia me acalmando e entrando num estado de leveza e tranquilidade.
Quando o flamingo ficou pronto, já não tinha mais nenhum traço da Eva estressada de horas antes. E esse é o motivo pelo qual a estampa se chama equilíbrio, pra ser um lembrete de que é importante encontrar o meio termo (que nem sempre é no meio..rs), trazer graça e leveza pros dia. Sem contar que flamingos remeterem a essa ideia, pelo menos pra mim, com essas pernas longas e fininhas que suportando e equilibram tão graciosamente seu corpo.

“Equilíbrio não precisa ser monótono, ele deve ser alegre, vibrante e cheio de frescor”

Com o flamingo prontinho, desenhado e pintado a mão com lápis de cor (fiquei tão orgulhosinha),chega a vez digitalizar tudo e partir pra edição e finalização da estampa.
Para fundo uma mescla de pintura com aquarela digitalizado com vetores em zig zag com intenção de remeter ao oceano.
Para as folhagens, amassei papel color plus verde, digitalizei e recortei digitalmente.
Brinquei com os tamanhos tanto dos flamingos, quanto das folhas.
Tchamram!!! Nasceu e foi pro mundo pra encantar e inspirar a sua vida também!

ESPIA MAIS!

evinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.